Programação

Todo mês a Auguri prepara uma bateria de shows que, assim como nosso menu, aguça todo os sentidos. Bandas selecionadas a dedo trazem grandes clássicos do MPB e do Jazz com versões e arranjos repaginados. A melhor PIZZA escutando o melhor da MÚSICA!!! Fique por dentro?


Sex
15/12

Gil Costa Trio

Saxofonista, arranjador e compositor, Gil concluiu sua formação em Música Sacra na Faculdade Batista de Minas Gerais e em Música Popular na Bituca. Estudou com Josué Lopez, Enéias Xavier e Chico Amaral e tocou com os instrumentistas Fábio Torres e André Limão Queiroz. O disco, que tem influência do jazz mineiro, sobretudo de Nirval Ornelas e Toninho Horta, é inspirado na família do artista. “Ticonino é o apelido do meu filho Davi, de cinco anos, e também o nome da terceira faixa do álbum, que traz ainda uma composição dedicada à minha esposa”, conta.

Reservar Mesa
Sex
22/12

FRED GUIMARAES ACORDEON TRIO JAZZ

 

O show amplia as fronteiras da música, realçando os inusitados caminhos do instrumento de fole a explorar o que há de melhor na música instrumental brasileira, latino- americana e do jazz.

Com uma formação composta de baixo acústico, bateria e acordeon, o trio apresenta obras de Sivuca, Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal, Wagner Tiso, Tom Jobim, Toots Thielemans, Stevie Wonder, entre outros.

Reservar Mesa
Sex
29/12

TRIVIAL JAZZ

TRIVIAL reúne três jovens instrumentistas de Belo Horizonte. Mais que promessas, os músicos mineiros representam uma bela realidade da música brasileira atual. Nesse trio, percebe-se claramente o vigor de uma geração de músicos que se despontam como excelentes profissionais e virtuosos pesquisadores dessa arte. O repertório do Trivial passeia por clássicos da música brasileira, composições próprias, e busca valorizar a atual cena autoral de Minas Gerais, com composições de Toninho Horta, Rafael Martini e Thiago Delegado. São referências para o trabalho os principais grupos instrumentais da cena brasileira, como o Nosso Trio e o Trio Corrente.

Muito atuante na cena de Belo Horizonte, Trivial já se apresentou em diversos palcos da cidade, e foi finalista do concurso Novos Talentos do Jazz 2016, realizado pelo Savassi Jazz Festival, recebendo menção honrosa e participando do festival no mesmo ano.

Reservar Mesa